Serão realizadas 200 operações com foco na Lei Seca e em itens obrigatórios

(Brasília – 12/12/2017) O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) lança a operação Festa Segura. O objetivo é intensificar as fiscalizações de trânsito, principalmente com foco na Lei Seca, em função das confraternizações de fim de ano, onde é muito comum o consumo de bebida alcoólica.

Até o dia 7 de janeiro de 2018, serão realizadas 200 operações, sendo 80 do tipo blitz e 120 patrulhamentos com abordagens, especialmente nas proximidades de bares, restaurantes, casas de shows e clubes.

“Desde o início do mês, as pessoas estão em clima de confraternização e temos que trabalhar para garantir a segurança no trânsito, a fim de que a alegria das festas não acabe em tragédia”, enfatizou o diretor-geral do Detran-DF, Silvain Fonseca.

Redução de Mortes
A fiscalização da Lei Seca é uma das ações de segurança prioritárias para a redução de acidentes. Enquanto o número de autuações por conduzir veículo sob efeito de álcool aumentou 66,5%, passando de 13.830 de janeiro a novembro de 2016 para 23.023 no mesmo período deste ano, o número de mortes reduziu 34,8%. Nos 11 primeiros meses do ano passado, foram registradas 360 mortes no trânsito. No mesmo período deste ano, foram 235.

Os dados reforçam que quanto mais pessoas alcoolizadas são impedidas de continuarem na direção de seus veículos, menor o risco de acidentes. “Nossa meta é fechar o cerco aos condutores embriagados. Só assim conseguiremos reduzir ainda mais os números de mortes e preservar as vidas dos que trafegam pelas vias da nossa cidade”, explica o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Glauber Peixoto.

Penalidade
Quem desobedece a Lei Seca comete infração gravíssima, que tem como penalidades a suspensão do direito de dirigir e multa de R$2.934,70, que pode ser aplicada em dobro caso haja reincidência no prazo de 12 meses. Se o teste do bafômetro acusar concentração igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, o condutor ainda responderá pelo crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro.

Itens obrigatórios
Além do foco na alcoolemia, o Detran- DF também está preocupado com a segurança daqueles que vão festejar fora do DF e alerta para os cuidados necessários a uma boa viagem. Por isso, os agentes também irão verificar os itens obrigatórios do veículo e o uso de dispositivos de retenção, como cadeirinha, assento elevado, bebê conforto e cinto de segurança.

fonte:

http://www.detran.df.gov.br/noticias/item/3474-opera%C3%A7%C3%A3o-festa-segura-refor%C3%A7a-a%C3%A7%C3%B5es-para-fim-de-ano-no-df.html

Compartilhe